Associadas no combate a COVID-19

FUNDAÇÃO JULITA - Jovens e adultos concluem cursos com formação à distância

not 01 09 2020 3

O Programa Paineira realizou a entrega de certificados para 96 adolescentes do Centro para Juventude e 34 jovens e adultos da Escola Empreendedora. Todas as atividades do semestre foram adaptadas ao ambiente virtual devido à pandemia do Coronavírus.

A equipe buscou o melhor método e precisou desenvolver estratégias para que os educandos continuassem o aprendizado à distância. Segundo Renata Moura, Coordenadora Pedagógica do Programa, foi um semestre que exigiu bastante de toda equipe. ''Mesmo com as dificuldades, de acesso digital dos educandos, por exemplo, tivemos muito êxito em nossas atividades, uma vez que conseguimos certificar um grande número de participantes'', conta ela.

Para os jovens de 15 a 17 anos do Centro para Juventude, as aulas têm sido realizadas por meio de videoconferência e whatsapp. Sendo assim, os beneficiados pelos programas da Fundação continuaram a receber a formação de preparação para o mundo do trabalho além de conteúdos relacionados às questões emocionais através de linguagens artísticas e culturais, partindo do tema gerador: "memórias afetivas".

Já na Escola Empreendedora, com os jovens e adultos de 16 a 59 anos, também foram trabalhados aspectos afetivos e comportamentais no primeiro momento, além das ferramentas que doravante seriam e serão muito utilizadas no meio profissional. Para o educador Ricardo Firmino, os principais aspectos de atenção foram a flexibilidade e a adaptação, por conta desse processo de aulas remotas que a pandemia nos forçou a vivenciar. ''Buscamos adaptar todo conteúdo que tínhamos que passar, de uma forma flexível e leve, para que os jovens e adultos conseguissem acompanhar e absorver os conhecimentos'', relata Ricardo.

Como sempre fez parte da programação, ao final do curso, os educandos apresentam o TCC, o "Trabalho de Conclusão de Curso", no qual demonstraram por meio de uma apresentação, desta vez virtual, o resultado do processo de aprendizagem semestral nas oficinas e vivências. Os resultados foram muito positivos, com empreendimentos que valorizavam e empoderavam a mulher, trazendo as questões étnico-raciais para debate além de reflexões sobre as questões ambientais.

Confira alguns dos projetos desenvolvidos pelos jovens


Clique aqui para ver os demais projetos.

Fonte: Fundação Julita