Associadas no combate a COVID-19

FUNDAÇÃO VANZOLINI - Grupo Solví recebe selo A2S que atesta ambiente seguro de Covid-19 em sua sede

not 13 01 2021 1

Empresa é a primeira do estado de São Paulo e da área do meio ambiente a receber a certificação da Fundação Vanzolini

O Grupo Solví – empresa comprometida em soluções de resíduos e valorização energética – acaba de receber a certificação A2S (Ambiente Saudável e Seguro), da Fundação Vanzolini. O selo atesta que a sede da companhia, localizada no bairro do Jaguaré (zona oeste de São Paulo), oferece condições seguras aos seus colaboradores frente à Covid-19. A empresa foi a primeira da área de meio ambiente e também do estado a conquistar esse certificado da organização.

Na solenidade de entrega, uma placa que registra a nova conquista do Grupo Solví foi recebida pelo diretor-técnico da empresa, Diego Nicoletti, acompanhado pela gerente de QSMA Corporativo da empresa, Mariana Bernardo. O certificado A2S foi obtido em agosto, graças à formação de um grupo multidisciplinar para elaborar protocolos de saúde e segurança para prevenir e combater a contaminação da Covid-19. Dessa forma, foi possível uma gestão estruturada de segurança sanitária no retorno dos colaboradores às atividades presenciais durante a pandemia.

O diretor-técnico do grupo explica que esses protocolos foram elaborados e serão atualizados com base nas melhores práticas e orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ainda de acordo com Nicoletti, o selo é um resultado de um trabalho iniciado antes mesmo do início da pandemia no Brasil, com a participação de equipes especializadas, denominada de Grupo de Prevenção.
“Essa antecipação de iniciativas foi um dos fatores de sucesso, além do grande engajamento do time, que possibilitou a implementação de processos e a mudança de comportamento. Isso demonstra que todas as ações de prevenção à Covid-19 foram implementadas com eficácia”, comemorou Nicoletti.

De acordo com a coordenadora do selo A2S (Ambiente Seguro e Saudável), Flávia Corrêa Ferreira, “o selo da Fundação Vanzolini contribuirá com a sistematização dos processos de limpeza dos locais de grande circulação, com vistas a dar maior segurança aos usuários, clientes e colaboradores que acessam esses espaços. O objetivo é o público ter a tranquilidade e o conhecimento de que o local aplica uma gestão sanitária eficiente e responsável”.

Para obter excelência nesse processo, o Grupo Solví contratou médicos especialistas e contou com a colaboração de vários setores na empresa: a área de Qualidade contribuiu para as adequações no prédio; a Comunicação, para a elaboração dos informativos; a Academia de Excelência (capacitação), com treinamentos voltados para o home office e protocolos de retomada; e a Gestão de Pessoas, para o mapeamento do grupo de risco e manutenção do regime de home office para eles.

Medidas tomadas pelo Grupo Solví

Entre as medidas tomadas, a empresa estabeleceu escala de retorno gradual. Na fase 1, o revezamento quinzenal de um terço das equipes, com o distanciamento de 2 metros; e na fase 2, semanal, em 50% do efetivo e com a orientação de distanciamento de 1,5 metro; até o retorno integral do quadro de colaboradores – exceto grupo de risco – que ocorrerá na fase 3, com as orientações atualizadas com o distanciamento de um raio de 1 metro.

Na entrada e dependências do prédio foram fixados informativos com dicas e orientações. Os pisos foram sinalizados para orientar a distância segura, com o distanciamento de um raio de 1 metro entre os colaboradores, e foram distribuídos displays com álcool em gel em locais e acessos ao escritório. Antes de acessar o prédio, todos são obrigados a fazer a aferição de temperatura.
A limpeza das áreas e objetos de uso comuns – como banheiros, maçanetas, corrimãos – foi reforçada e a equipe de limpeza recebeu treinamento para a higienização correta. Para as áreas comuns e salas, a empresa adotou um sistema de desinfecção através de atomizador, que é aplicado diariamente fora do horário de expediente. Além disso, foram disponibilizados produtos de limpeza para que cada colaborador higienize com frequência a própria estação de trabalho.
As estações de trabalho receberam atenção especial, com placas de acrílico separando as baias e placas de sinalização de bloqueio das estações. Essas soluções garantem espaçamento de pelo menos 1 metro de distância entre as estações. Nos refeitórios e sanitários, estabeleceu-se a lotação máxima adequada para cada ambiente. No refeitório foram feitas marcações nas mesas e no piso. O álcool 70% fica disponível para higienização de mesa e cadeira antes e depois do uso e existem pias para higiene das mãos e álcool em gel disponíveis no local.

Também receberam cuidados especiais os banheiros, onde o piso foi demarcado para seguir o distanciamento social, com áreas para o uso seguro. Em cada cubículo foi colocado um kit com álcool spray para a higienização. Nos sanitários de uso coletivo, com lotação estabelecida, o serviço de limpeza foi reforçado. Além disso, foram afixados cartazes com orientações de como lavar as mãos e o passo a passo de aplicação do álcool em gel.

Mudança de hábitos

Os colaboradores também passaram por uma fase de adaptação aos protocolos de prevenção e tornaram essas ações de higiene e saúde como parte de suas rotinas e novos hábitos a serem incluídos como uso de máscara, distanciamento social, higiene das mãos com maior frequência, localização das estações de trabalho e não compartilhamento de objetos pessoais.
Para o acesso dos visitantes ao prédio, é necessário solicitar por e-mail informando o nome e a data da visita. O visitante deve possuir máscara, passar pela medição de temperatura e higienização das mãos. As reuniões presenciais, com terceiros, também foram restritas e serão permitidas somente com a prévia autorização da diretoria técnica.

O ônibus fretado que faz o transporte dos colaboradores é higienizado com uma solução bactericida antes das viagens. Os colaboradores encontram, ao entrar no veículo, um dispenser de álcool em gel e os bancos possuem marcações com o objetivo de manter uma distância segura entre os colaboradores.
Com as medidas adotadas, os colaboradores estão mais conscientes de suas ações, cuidando um dos outros em favor de um bem comum: a preservação da saúde.

Grupo Solví Soluções para a Vida

Com mais de 40 anos de atividade, é composto por mais de 60 empresas, que oferecem serviços de Tratamento, Destinação e Reciclagem de Resíduos Públicos e Privados, Soluções Industriais e Valorização Energética de Resíduos. Presente nos grandes centros urbanos do Brasil, Peru, Argentina e Bolívia, o Grupo Solví conta com mais de 13 mil colaboradores em todas as suas unidades.

Sobre a Fundação Vanzolini

A Fundação Vanzolini se aprimora para contribuir com o desenvolvimento socioeconômico do país, formando profissionais, promovendo palestras, treinamentos e cursos na área de Gestão da Qualidade; concedendo certificados no âmbito das normas ISO 9001, para Sistemas de Gestão da Qualidade; Sassmaq; Transqualit; e ISO/TS 16949, para Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade para a Industria Automotiva; ISO 14001, para Sistemas de Gestão Ambiental; Certificação AQUA-HQE, para Construções Sustentáveis; ISO 45001, para Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional; e Normas ONA, para Acreditação de Organizações de Saúde. É acreditada pela acreditação ISQua – organização de âmbito mundial que promove a melhoria da qualidade e a segurança na prestação de serviços em saúde, conferindo qualidade internacional e atestando que os nossos clientes são atendidos por um organismo de certificação que preza pelas melhores práticas adotadas mundialmente.

Fonte: Fundação Vanzolini