Notícias das Associadas

Fundação Vanzolini já avaliou mais de 400 processos em SASSMAQ

not 13 11 2018 1

Desde o início de sua atuação como certificadora do Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade – SASSMAQ, a Fundação Vanzolini já avaliou e certificou mais de 400 processos de organizações. O Sistema foi desenvolvido e lançado publicamente em 2001 pela Associação Brasileira das Indústrias Químicas – ABIQUIM, e abrange todos os modais de transporte, bem como Terminais de Armazenagem e Estações de Limpeza, tendo como principal objetivo a redução continua dos riscos de acidentes nas operações de transporte e distribuição de produtos químicos.

Este certificado de boas práticas, emitido pela Vanzolini, resulta num relatório factual detalhado, que representa a situação da empresa naquele momento. E esta única avaliação substitui a variedade de inspeções a que os prestadores de serviços de logística são tradicionalmente submetidos, sem tornar redundante o diálogo entre eles e as empresas químicas.

São avaliados os “elementos centrais”, compostos pelos aspectos administrativos, financeiros e sociais da empresa, e os “elementos específicos”, constituídos pelos serviços oferecidos e pela estrutura operacional.

Por isso, a escolha do organismo de certificação é fundamental, uma vez que determina o grau de confiança das avaliações. Contar com uma certificadora experiente irá determinar a relação de sua empresa com o mercado, além de agregar valor ao processo de melhoria continua.

O SASSMAQ não é obrigatório, mas cria um diferencial competitivo, ao comprovar a qualificação dos serviços oferecidos. O Sistema foi inspirado no programa europeu de atuação responsável desenvolvido pelo Cefic – Conselho Europeu das Federações das Indústrias Químicas  que lançou no início dos anos 90, o programa ICE (Intervention in Chemical Transport Emergencies).

Vale ressaltar que, o SASSMAQ não se constitui numa legislação, mas, sim, em um conjunto de boas práticas, que oferece um mecanismo para a avaliação do processo de melhoria contínua, ao fornecer respostas diretas sobre os pontos fortes e fracos, observados durante a inspeção.

Além disso, após a análise dos resultados da avaliação pela empresa química, podem ser obtidas respostas específicas de cada cliente, criando e/ou fortalecendo as bases para uma real parceria, de benefícios mútuos.

Fonte: Fundação Vanzolini