Outras Notícias

Unindo forças no combate ao câncer

not fundacao 21 3 2014 3Foi mais um dia especial para as crianças da Oncologia Pediátrica do A.C.Camargo Cancer Center. Um famoso super-herói do cinema e dos quadrinhos saiu da imaginária Gotham City rumo ao departamento, em São Paulo. As crianças e adolescentes internadas e em consulta ambulatorial receberam na manhã de terça-feira, 13, a visita do Batman e, juntos, uniram forças contra o vilão da vida real, o câncer.

A visita do homem morcego faz parte do programa SuperFormula, lançado em 2013 pelo A.C.Camargo, tendo como parceiros a Warner Bros. (detentora da marca Liga da Justiça) e o Hopi Hari, o maior parque temático da América Latina. A concepção é da agência JWT Brasil, responsável pela criação do projeto "SuperFormula para luta contra o câncer".

Durante a visita, Batman participou de atividades lúdicas ao lado dos heróis no setor de internação, visitou os quartos, onde conversou com pacientes e familiares, além disso, caminhou por todo o setor ambulatorial da Pediatria, onde recebeu o carinho dos pacientes que estavam no local para passar em consulta. Todos os pacientes foram convidados, após o término do tratamento, a se divertir em um dia de muita alegria em Hopi Hari com seus familiares, com direito a passaportes e alimentação.

O PROJETO - Prestes a completar 50 anos, a Pediatria do A.C.Camargo se transformou na nova Sala da Justiça, onde os super-heróis são crianças e adolescentes que tratam o câncer com a SuperFormula, uma quimioterapia combinada com o simbolismo dos personagens que formam a Liga da Justiça, da DC Comics, casa dos heróis da Warner Bros. Além da ambientação do setor com adesivos dos super-heróis, os recipientes para medicamentos usados na quimioterapia possuem uma nova roupagem, envoltos por cápsulas baseadas nos uniformes de personagens como Batman, Lanterna Verde, Mulher Maravilha e outros. As capas dos frascos, desenvolvidas pela JWT em parceria com o A.C.Camargo, são fáceis de manusear e esterilizar, seguindo todos os padrões hospitalares. O projeto foi concebido com a proposta de motivar o paciente e seus familiares, tornando o ambiente mais lúdico e, consequentemente, mais acolhedor e feliz, e o tratamento menos traumático.



Fonte: Fundação A. C. Camargo