Outras Notícias

8 dicas para conseguir aprovação em editais de apoio a causas sociais

not 05 10 2018 2

Planejamento e documentação em dia são alguns dos itens essenciais para captar recursos via editais

Bruno Barroso, sócio-fundador da plataforma Prosas e da Nexo Investimento Social, esteve presente no 2º Fórum da Rede do Bem, que aconteceu em São Paulo, e deu algumas dicas sobre como conseguir aprovação em editais de apoio a causas sociais.

“Não existe fórmula mágica para ser contemplado por um edital, mas existem quesitos básicos que podem aproximar seu projeto da aprovação”, destacou.

1 – Fique atento à periodicidade dos editais.

Muitos editais abrem inscrições todo semestre ou todo ano. Faça um calendário dos editais que te interessam.

2 – Organize-se com antecedência.

Os editais ficam cerca de um mês com inscrições abertas, deixar para a última hora prejudica a qualidade da proposta e te expõe a riscos.

3 – Tenha guardado o rascunho da proposta.

Se a inscrição para o edital de seu interesse for realizada online e acontecer alguma eventualidade com o sistema, você terá as informações sobre seu projeto salvas.

4 – Não esqueça de revisar os textos, planilhas e documentos.

Na hora de escrever um projeto, é fundamental estar atento a possíveis erros de português ou de cálculo. Além disso, confira se todos os documentos foram colocados de forma correta.

5 – Lembre-se de que nem todo edital é para você.

O edital serve para esclarecer quais são os critérios e o que o patrocinador espera. Leia o regulamento com atenção e perceba se seu projeto tem a ver com o destino do recurso disponibilizado.

6 – Não procure projeto para edital.

O ideal é ter um projeto primeiro e buscar um edital que possa subsidiá-lo, integralmente ou em partes, depois. Evite criar projetos a partir de editais, principalmente se a sua organização não desenvolve ações em uma linha próxima da prevista no edital.

7 – Demonstre seu impacto!

Organização: mostre que seu projeto é bom porque sua organização é a melhor possível dentro do contexto apresentado. Destaque indicadores que comprovem que sua instituição gera transformação (depoimentos, dados, relatórios).
Equipe: descreva os potenciais e qualificações de quem vai realizar o projeto.
Projeto: apresente argumentos que demonstrem o diferencial da sua proposta frente ao edital.

8 – Mantenha sua documentação em dia.

Exemplos recorrentes: estatuto não registrado, relatório de atividades do ano anterior e balanço financeiro inexistentes.

A documentação é fundamental. A maioria dos patrocinadores conta com uma equipe de compliance, que trabalha para manter conformidade com leis e regulamentos internos e externos. Se você tem interesse em captar recursos por meio de editais, mantenha a atenção quanto aos documentos da sua instituição.

Em parceria com a plataforma Prosas, o portal do Observatório do Terceiro Setor disponibiliza uma Central de Editais, com chamamentos de várias regiões do Brasil.

Fonte: Observatório 3º Setor