Outras Notícias

Especialista indica como engajar apoiadores através das redes sociais

not 23 11 2018 3

Tiemi Yamashita é estrategista social especializada em comunicação e sensibilização de público

Crédito da imagem: Thiago Capodanno/ Olho Digital


A palestra ‘Comunicação: as redes sociais como forma de engajar apoiadores’, que aconteceu no segundo evento do ‘Ciclo de Palestras Profissionalizar para Transformar o 3° Setor’, realizado pelo Observatório do Terceiro Setor, teve como palestrante Tiemi Yamashita, estrategista social especializada em comunicação e sensibilização de público.

A especialista destacou que, para se comunicar, é necessário primeiramente entender onde está a atenção do público e atrair essa atenção. “Por que todo mundo fica no celular hoje em dia? Porque é através das redes sociais que você pode estar ao lado dos seus apoiadores, do seu público e particionadores”, diz.

Diante deste cenário, é necessário pensar em uma comunicação atrativa e prática para quem está com o celular na mão. Ela lista alguns exemplos.

O WhatsApp seria o ‘recado da geladeira’, pois possui uma lista de transmissão e é através dessa lista que é possível selecionar seus públicos de interesse. Uma dica que a especialista dá é escrever mensagens para o seu público como se estivesse escrevendo apenas para uma pessoa, pois assim você irá reconhecer a individualidade e importância do seu receptor.

O Facebook é uma ‘novela’: as pessoas entram nele para ver histórias e se atualizarem do que está acontecendo. No entanto, ela alerta que para uma página ser acompanhada, é necessário postar conteúdos relevantes. Além disso, é preciso realizar testes para descobrir do que o seu público mais gosta, e após isso, manter uma linha de comunicação.

O Instagram seria uma ‘revista’, pois possui imagens que engajam, informam e vendem. A estrategista social afirma que é preciso produzir fotos e vídeos interessantes para gerar mais impacto nos seguidores.

Já o YouTube, segundo Yamashita, alimenta relacionamentos, aproxima e eterniza momentos. Uma dica é postar conteúdos relevantes semanalmente para que o público conheça o trabalho de maneira mais aprofundada e transparente. O LinkedIn é um currículo profissional e também pode ser usado pelas organizações para mostrarem seu trabalho.

Qual conteúdo colocar nas redes sociais?

Tiemi Yamashita diz que é fundamental informar quem é você, o trabalho que promove, seu objetivo, como você faz e para quem faz. “Se a gente realizar bem esse trabalho, a gente vai conseguir a transparência para conseguir captar recursos”. Também é importante dar informações sobre a sua causa.

Ela finaliza a palestra afirmando que não adianta fazer um trabalho excelente nas redes sociais se o trabalho geral da organização não for igualmente bom ou até melhor. “Não adianta mostrar que está bonito, se no interno é ruim. Primeiro a instituição precisa ser, para depois aparecer”, conclui.

Confira a palestra completa: 



Fonte: Observatório 3º Setor