Outras Notícias

Festival ABCR 2020 debate o futuro da captação de recursos no contexto da Covid-19, em edição online

not 10 07 2020 16

600 profissionais de captação de recursos de todas as regiões do Brasil, que mobilizam mais de 4 bilhões de reais por ano, participaram da edição histórica do Festival ABCR 2020, que contou com formato totalmente online e interação entre os mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais

Realizado nos dias 29 e 30 de junho, o Festival ABCR 2020, maior conferência de captação de recursos da América Latina e uma das principais no mundo, superou as expectativas da organização e contou com a expressiva participação de 600 profissionais de captação de recursos de todas as regiões do Brasil, em formato totalmente online e interativo. Mantendo a conexão da edição, o Comitê Organizador do evento lançou hoje (01 de julho) o Festival 2021. A expectativa é que a 13ª edição seja realizada presencialmente, nos dias 28 e 29 de junho de 2021, e as inscrições já podem ser realizadas por meio do link: https://www.sympla.com.br/festival-abcr-2021__896188

A iniciativa da Associação Brasileira de Captadores de Recursos contou com a participação de mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais, que debateram com profundidade os rumos do terceiro setor no atual cenário da pandemia de Covid-19, somando mais de 130 horas de conteúdo, volume inédito. Sob o tema Ousar para Avançar, a edição histórica do Festival 100% virtual contou com organização da Necta, plataforma com expertise na promoção e organização de iniciativas inovadoras e que tem desenvolvido soluções para o mercado no contexto da pandemia.

A presidente do Conselho Deliberativo da ABCR, Marcia Kalvon Woods, destacou durante a abertura do evento a importância do envolvimento e resiliência de toda a cadeia de captação de recursos, chamando a atenção para as mudanças na legislação, com o objetivo de atender o terceiro setor. “Durante o trabalho da ABCR nesses 20 anos, percebemos a existência de mais elementos que vão além da capacitação do profissional captador. Nesse sentido, o Festival contemplou uma programação com temas diversos, como tributação, combate à lavagem de dinheiro e impactos da Covid-19 no terceiro setor, além de comunicação e marketing e outros assuntos que fazem parte da pauta do segmento”, enfatizou.

O diretor executivo da ABCR, João Paulo Vergueiro, ressaltou a importância do terceiro setor para o desenvolvimento do país. “O Festival ABCR tem a missão de reunir os principais atores que movimentam esse setor, fundamental para o desenvolvimento do país e por implementar políticas onde o poder público não chega. Estamos falando de um segmento que emprega 2 milhões e 300 mil pessoas e movimenta dezenas de bilhões de reais por ano, somente no Festival ABCR, as organizações presentes tinham, somadas, receitas superior a 4 bilhões de reais”, disse.

Sobre o desafio de reunir mais de 600 pessoas simultaneamente em um ambiente totalmente virtual, em um evento com formato que envolveu 90 sessões paralelas, 7 plenárias, 3 masterclasses, 15 sessões de pré-festival, Vergueiro destaca que a tecnologia adotada, como uso de aplicativo exclusivo e ações antes, durante e pós-evento, foram fundamentais para o sucesso da edição.

“O nosso maior desafio foi transmitir ao nosso público que participaria de um grande evento, mas no formato online. Que estávamos oferecendo um grande evento do terceiro setor, da sociedade e das ONGs. E temos certeza que esse objetivo foi alcançado. A nossa principal impressão é que deixamos as pessoas felizes, onde percebemos que aprenderam e aproveitaram muito todos os conteúdos e iniciativas e, mais ainda, motivadas para acessar todos os conteúdos assim que forem disponibilizadas. O nosso sentimento é de felicidade e, com o impacto alcançado nesta 12ª edição do Festival ABCR, podemos afirmar que conseguimos reduzir ou suprir parte da ausência da presença física, por meio das entregas e características do formato online que adotamos. Nesse sentido, já estamos lançando a edição 2021”, completou Vergueiro.

DESTAQUES DA EDIÇÃO 100% VIRTUAL

A programação do evento é voltada para atender os diferentes níveis de conhecimento dos participantes (inicial ou básico, avançado e internacional) e contou com temas nos eixos: Mobilização de Muitos; Mobilização de Grandes Valores; Parcerias Empresariais; Gestão, Liderança e Estratégia organizacional; Ética, Transparência e Confiança; Comunicação e Engajamento; Cultura de Doação; Geração de Renda; Negócios de Impacto; Marco Regulatório/Parcerias Governamentais e desafios do novo contexto; e Inovação e diversificação de formas de captação no terceiro setor. Além do Eixo Escola Aberta do Terceiro Setor, Sessões exclusivas Parceiros ABCR, 13 “coronacases” de captação, entre outros temas.

O Festival ABCR 2020 contemplou, ainda, a Mentoria Expressa, com sessões/reuniões de 45 minutos com participantes do Festival e um mentor de tema específico.

As Plenárias foram as que mais repercutiram, com mais de 170 participantes em cada sessão, com destaque para a Plenária de Encerramento que já conta com quase 900 visualizações. Acompanhe os destaques:

Palestra de Abertura – A inspiração que move o Terceiro Setor, com o David Hertz, chef e empreendedor social, que em 2016 fundou a Gastromotiva, organização que promove a gastronomia social.

Plenária 2 – Nunca doamos tanto em tão pouco tempo no Brasil – os números da doação. A sessão debaterá sobre as doações durante o período do coronavírus. O Monitor das Doações COVID 19, da ABCR, mostra mais R$ 5 bilhões e 600 milhões doados, um recorde em mobilização para uma única causa. Qual o impacto desse movimento? Como fazer a generosidade continuar depois da pandemia? Palestrantes: Edu Lyra, escritor e fundador da Gerando Falcões; Ana Carolina M. B. Matarazzo, diretora-executiva do Movimento Bem Maior; Joana Lee Ribeiro Mortari, diretora da Associação Acorde; e do Michel Freller; vice-presidente do Conselho Deliberativo da ABCR ABCR e CEO da Criando.

Plenária 3 – O olhar de quem está investindo, encerra o primeiro dia do evento e conta com três investidores sociais, familiares e corporativos, com abordagem para entender o olhar de quem está doando, tanto durante a pandemia como em momentos de normalidade. Participam: Marcia Kalvon Woods, presidente do Conselho Deliberativo da ABCR; Renata Cavalcanti Biselli, gerente de Desenvolvimento Social do Banco Santander; Rodrigo Paipponzi, diretor executivo da Editora Mol; e José luiz Egydio, presidente da Fundação Jose Luiz Egydio Setúbal.

Plenária 4 – ITCMD: acabando com o imposto sobre doações – Por que é tão importante acabar com o imposto sobre doações filantrópicas? O debate será sobre o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) e a proposta de emenda constitucional, apresentado pela senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), que tem como objetivo garantir que esse imposto não seja cobrado nunca mais das organizações. Palestrantes: Andrea Peçanha, conselheira da ABCR; e Aline Viotto, coordenadora de Advocacy do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas – GIFE.

Plenária 5 – A explosão das Lives Solidárias – Quase todo dia tem live musical, e quase todas promovem a doação para alguma causa ou instituição, sendo que mais de 16 milhões já foram doados a partir das lives. O debate traz quem tá na linha de frente dessa iniciativa. Palestrantes: Ana Flavia Godoi, especialista em Desenvolvimento Institucional da AFG Consultoria; Túlio Goldemberg, gestor de Marketing e Eventos do Instituto do Câncer Infantil do Agreste (ICIA); e Isabella Vieira, gerente de Trade Marketing do Ame Digital.

Plenária 6 – O Dinheiro do Terceiro Setor: combatendo fraudes e garantindo acesso a recursos. Esse debate é fundamental: o que as organizações estão fazendo para garantir que as fraudes, cometidas por pessoas que não são comprometidas com o setor, não afetem as doações para as instituições sérias e dedicadas. Abordagem sobre a GAFI/FATF, organização que fiscaliza e regulamenta globalmente as medidas dos governos para combater lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Palestrantes: Gustavo Huppes, assessor de Advocacy Internacional da Conectas Direitos Humanos; Fernanda Mioto, gerente Administrativa e Financeira da Conectas Direitos Humanos; João Paulo Vergueiro, diretor executivo da ABCR; e Laís de Figueirêdo Lopes, Advogada Sócia do SBSA Advogados.

Plenária de Encerramento – Medidas econômicas na pandemia – esqueceram as ONGs.

O país inteiro está mobilizado para combater o coronavírus, mas um setor foi mais uma vez esquecido, quando se falam em medidas econômicas: as organizações da sociedade civil. O debate foi sobre a importância de se entender o peso do setor na economia e a necessidade dele ser entendido para além do seu impacto sócio-ambiental. Palestrantes: Athayde Motta, diretor-geral do Ibase – Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas; Daniela Weiers de Oliveira; membro do Conselho Deliberativo da ABCR e gerente administrativa financeira do Synergos Brasil; José Marcelo Zacchi, secretário-geral do GIFE; Victor Graça, gerente Executivo da Fundação Abrinq.

SOBRE O ACESSO AOS CONTEÚDOS PÓS-EVENTO

Os conteúdos das palestras ficarão disponíveis para os participantes no aplicativo do evento por dois meses.

A organização também disponibilizou 13 casos inspiradores de captação de recursos na pandemia da Covid-19 de forma pública. A Plenária de Encerramento – Medidas econômicas na pandemia – esqueceram as ONGs também está com acesso público.

Os case e a Plenária podem ser acessados em: https://www.youtube.com/channel/UCagSPBomjrVGxYuR3eUFyrQ/featured

O Festival ABCR 2020 contou com o patrocínio das empresas: Ambev; Doare, Trackmob; Umbigo do Mundo; Criando; SocialDocs; Doks; ISetor; Lima Reis Advogados; e InstItuto ACP.

E apoio Institucional das organizações: Associação Brasileira De Fintechs (Abfintechs); Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale); Associação Paulista de Fundações (APF); Audisa; Club de Fundraising; Conselho Regional de Administração de São Paulo; Conselho Relações Públicas; Cultura e Mercado; Escola Aberta do 3° Setor; Federação das APAEs do Estado de São Paulo (Feapaes-SP); Fundo Internacional Sócio Ambiental (Ficas); Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (Fonif).

Além: Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado (Fundamig); Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife); Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS); Instituto Bancorbrás; Instituto Doar; Instituto Filantropia; Movimento Bem Maior; Neurônio; Nossa Causa; Observatório Do 3° Setor; Phomenta; Ponteaponte; Prosas; Rede de Filantropia para a Justiça Social; e Worldwide Initiatives for Grantmarker Support (Wings).

20 ANOS DA ABCR

O tema da edição 2020, Ousar para Avançar, faz referência a atuação da ABCR no país que, nas duas décadas de trabalho junto aos diferentes públicos, vem promovendo ações fundamentais com foco na sustentabilidade financeira do Terceiro Setor e desenvolvimento da captação de recursos das organizações da sociedade civil, com atuação fundamental no atual cenário da pandemia da Covid-19. A organização desenvolve ações e projetos de conhecimento (boletim enviado para mais de 40 mil pessoas), incidência política – advocacy (Marco Bancário da Doação e Dia de Doar) e desenvolvimento profissional (Cursos e o Festival).

SERVIÇO Festival ABCR 2020 – Ousar para Avançar

Data: 29 e 30 de junho de 2020

Edição 2021 – As inscrições já podem ser realizadas por meio do link: https://www.sympla.com.br/festival-abcr-2021__896188

Mais Informações: www.festivalabcr.org.br

Promoção e Organização: Necta

Imagens do Festival ABCR disponíveis em: https://www.sympla.com.br/festival-abcr-2021----do-online-para-o-presencial__896188

Sobre o Festival ABCR

A ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos é uma associação sem fins lucrativos, que atua pela promoção da sustentabilidade financeira do Terceiro Setor e pelo desenvolvimento da captação de recursos das organizações da sociedade civil. A ABCR é composta por profissionais

associados, sendo composta por uma rede de captadores e mobilizadores associados, somando 300 membros dos diferentes Estados do país. Fundada em 1999, a ABCR desenvolve ações e projetos na área de conhecimento (boletim enviado para mais de 40 mil pessoas), advocacy (Monitor das Doações COVID 19 e Dia de Doar) e desenvolvimento profissional (Cursos e o Festival).

Há 12 anos, a ABCR realiza o Festival ABCR, iniciativa que tem o objetivo de debater e trocar conhecimento sobre como mobilizar mais recursos para as organizações da sociedade civil e as causas. O Festival é o maior evento de captação de recursos da América Latina.

CFRE

Os participantes do Festival ABCR receberão 16 pontos que poderão ser utilizados para emissão da certificação internacional CFRE, mais importante diploma existente na captação de recursos, sendo que mais de 5.000 profissionais em todo o mundo são certificados CFRE.

Fonte: ABCR