Outras Notícias

Plataforma financiará projetos sociais com foco no brincar

not 14 01 2022 4
Foto: Olivia Bauso via Unsplash

A plataforma de engajamento ChangeX e o Movimento Unidos Pelo Brincar vão financiar projetos sociais com foco no brincar. O objetivo é estimular o desenvolvimento das crianças a partir do brincar e de formas de aprendizado lúdicas. A iniciativa disponibilizará um total de R$ 1,7 milhão para projetos dos estados da Bahia, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Não há prazo final para as inscrições, sendo que o financiamento será concedido às organizações qualificadas por ordem de chegada até se esgotar o recurso financeiro disponível.

Cada organização pode se inscrever para financiamento de até R$ 30 mil para iniciar um novo projeto comunitário, escolhendo a partir de um portfólio de 8 ideias relacionadas a temas do Movimento Unidos Pelo Brincar:
  • Brincando com Confiança: Incentivo ao uso seguro e responsável de espaços públicos com uma experiência de jogo aberta ao público.
  • KABOOM!: Transformação dos espaços de todos os dias de sua comunidade em uma oportunidade de brincadeiras para todas as crianças.
  • Comunidades Brincantes: Processo lúdico e colaborativo para a construção de espaços lúdicos com as próprias crianças e famílias das comunidades.
  • Educação para Compartilhar: Aprendizados com professores sobre habilidades emocionais e sociais de forma lúdica.
  • Playworks: Criação de um ambiente inclusivo para brincadeiras e atividades físicas em sua escola.
  • Nudel Kart: Desenvolvimento de conhecimentos sobre ciência, tecnologia, engenharia, matemática e criatividade usando um carrinho de jogos com peças soltas.
  • Ideias de Parques Infantis: Construção de um parque infantil onde quer que você esteja, usando ferramentas, materiais e habilidades locais.
  • Ponto do Saber: Transformação de um espaço público em sua comunidade em uma alegre oportunidade de aprendizado.
Além do financiamento, as organizações receberão apoio da equipe da plataforma ChangeX para iniciar seus projetos. Durante 30 dias, elas poderão construir um plano de ação e criar uma equipe de projeto com apoio dos membros da plataforma.

As inscrições podem ser feitas no site.

Fonte: Observatório 3º Setor