Outras Notícias

Secretários debatem legados sociais da Copa do Mundo de 2014, durante oficina preparatória do FLAC 2013

not fundacao 1 2 2013Com a participação de dezenas de representantes de organizações não-governamentais, associações socioculturais e de cidadãos que atuam na área de captação de recursos, a Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa) e a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em evento realizado pela Santa Casa da Misericórdia e pela ABCR - Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), promoveram na noite de ontem (22), na Pupileira, uma mesa redonda para apresentar os caminhos de captação de recursos para execução de projetos.

Após explanação sobre os legados da copa para a população, os palestrantes interagiram com o público presente, respondendo questionamentos e tirando dúvidas a respeito das iniciativas que já estão em desenvolvimento.Um dos destaques do evento, realizado como parte do Projeto de Legados Sociais da Copa – iniciativa conjunta da SECOPA e da UNEB - foi a participação do secretário estadual da Copa, Ney Campello, do secretário do Escritório Copa do Mundo FIFA 2014 da Prefeitura de Salvador, Isaac Edington e do presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-Ba), Luis Henrique Amaral.

O primeiro a se pronunciar foi Luis Henrique Amaral que avaliou a realização da copa como uma oportunidade única para melhor qualificar o grande contingente de profissionais que atuam no setor de bares e restaurantes. “A Abrasel já está mobilizada e desenvolveu um projeto para criação de pólos gastronômicos de excelência em localidades estratégicas da cidade. Também estamos viabilizando a capacitação dos profissionais que atuam  no setor e criando um prêmio de excelência, visando a melhoria da qualidade dos serviços prestados.”, disse o presidente da Abrasel.

O secretário municipal Isaac Edington, por sua vez, ressaltou que Salvador sediará três jogos da Copa das Confederações, em 2013, e seis Jogos da Copa do Mundo, em 2014. “Essa é uma oportunidade única, sem precedentes na historia, para o posicionamento e fortalecimento da imagem da cidade Salvador”, disse. O secretário também acrescentou que “uma Salvador ordenada, limpa, conservada, segura e hospitaleira, é muito bom para os soteropolitanos e visitantes”.

Em seguida, o secretário Ney Campello, dirigindo-se a uma platéia que lotou o Salão Rainha Leonor da Santa Casa, ressaltou que a qualificação profissional será um dos maiores legados da Copa do Mundo no Brasil em 2014. O titular da Secopa reforçou que o Estado entrou nesse desafio de preparar megaeventos esportivos pensado nas pessoas e no que será assegurado em termos de benefícios sociais após as realizações.

FLAC - Festival ABCR 2013 - A gerente de Captação de Recursos da Santa Casa da Bahia e vice presidente da ACBR, Fagna Freitas, assegura que dentro do Programa Legados Sociais para a Copa 2014, do Governo do Estado, o Projeto da Santa Casa “Mobilização de Recursos e Oportunidades de Legados Sociais na Bahia” continua registrando avanços significativos. Entre os meses de novembro e dezembro, foi realizado um ciclo de palestras com a participação interessada de dezenas de cidadãos e profissionais que militam na área social, de captação de recursos e projetos.

Durante as palestras, estão sendo tratados temas como a correta elaboração para receber recursos de empresas privadas e estatais, recursos governamentais para a área de cultura e elaboração de projetos para a União Européia. Destaque também para a participação de palestrantes de renome como João Paulo Vergueiro, presidente da ABCR, Lucinaide Pinheiro, Arte-Educadora do Governo do Distrito Federal e Kleber Rocha, diretor de Incentivo à Cultura, do MINC.  

O projeto terá seqüência com novos palestrantes e a realização do FLAC - Festival ABCR 2013, a ser realizado no Centro de Convenções da Bahia, de 23 a 25 de abril, deste ano.  

Fonte: ABCR