Outras Notícias

Apesar da pandemia e do desemprego, doações voltam a crescer no Brasil em março

not 08 04 2021 4

Monitor coordenado pela ABCR mostra que volume foi R$ 150 milhões maior no mês passado.

Embora o país esteja passando pelo período mais letal da pandemia do novo coronavírus e registre mais de 14 milhões de desempregados, o volume de doações para combater o coronavírus voltou a crescer em março, chegando a quase R$ 150 milhões no período.

O dado é do Monitor das Doações Covid-19, alcançando os maiores volumes desde agosto do ano passado, conforme a iniciativa da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), que acompanha a generosidade brasileira na luta contra a pandemia.

O número de pessoas e empresas que doaram também cresceu consideravelmente em março, 33 mil, o maior crescimento desde setembro de 2020, o que reforça a impressão de que não apenas grandes doadores estão contribuindo, mas a sociedade brasileira em geral.

Já o volume de doações do último trimestre é a menor dos 12 meses de acompanhamento.

Fonte: ABCR