Outras Notícias

InfoMoney passa a divulgar o podcast Aqui se faz, Aqui se doa

not 25 06 2020 4


Podcast aborda temas ligados à filantropia, como doações para Covid, diferença entre doar e fazer marketing e a função dos diretores de impacto social

O InfoMoney e o Instituto MOL, ONG que apoia projetos voltados a disseminar a cultura de doação, fecharam uma parceria com o objetivo inicial de divulgar o podcast Aqui se faz, Aqui se doa.

Apresentado pelos empreendedores sociais Artur Louback e Roberta Faria, o podcast aborda diferentes temas ligados à filantropia, como o destino das doações para a Covid-19, a diferença entre doar e fazer marketing e o que faz um diretor de impacto social numa empresa.

Desde o lançamento, no fim de 2020, o podcast também trouxe entrevistas com a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza, e com o professor e economista Eduardo Giannetti (veja aqui todos os episódios).

A partir da próxima semana, os episódios semanais do Aqui se faz, Aqui se doa serão divulgados também no InfoMoney, com matérias especiais.

“É uma parceria que tem tudo a ver com o momento que estamos vivendo: falar sobre filantropia no contexto das discussões econômicas e como parte de novos modelos de negócio, e contribuir para formar uma nação cada vez mais doadora”, afirma Roberta Faria, presidente da organização.

“Queremos oferecer aos nossos leitores conteúdo de qualidade sobre temas ligados ao universo ESG, e a parceria com o Instituto MOL é um passo importante nessa direção”, diz Giuliana Napolitano, editora-chefe do InfoMoney. “Estamos começando com a divulgação do podcast, mas já estamos planejando outras ações para os próximos meses.”

O podcast Aqui se faz, Aqui se doa é feito em conjunto pelo Instituto MOL e o MBM – Movimento Bem Maior, ONG fundada pelos empresários Elie Horn, da Cyrela, Rubens Menin, da MRV, e Eugênio Mattar, da Localiza, com objetivo de fomentar a filantropia no Brasil.

Já o Instituto MOL é o braço social da Editora MOL, maior editora de impacto social do mundo, especializada em produzir conteúdo positivo – revistas, livros, calendários, jogos etc. – e doar parte dos recursos arrecadados com a venda. Desde 2008, já foram doados mais de R$ 40 milhões a projetos sociais.

A editora foi criada pela jornalista Roberta Faria e por Rodrigo Pipponzi, bisneto do fundador da Droga Raia, hoje associada à Drogasil.

Fonte: Infomoney